Menu fechado

Criado em 2007 pelo editor Sergio Chaves e pela jornalista Lídia Basoli, o selo Café Espacial tem a missão de aproximar públicos de diversos segmentos artísticos por meio da difusão de histórias em quadrinhos autorais e artes afins.

Editada em Marília, interior de São Paulo, a revista Café Espacial (ISSN 2176-9869) foi a primeira publicação do selo e obteve 7 premiações nacionais com seus 17 números lançados até o momento, tornando-a referência quanto às publicações alternativas no Brasil.

O selo pretende sempre ampliar seu catálogo, fazendo com que cada vez mais segmentos artísticos e culturais possam ser vistos e apreciados no Brasil e no exterior e se orgulha de  fazer parte da história cultural do Brasil.

Conheça a Café Espacial, divulgue e participe.

Prove um gole.7

Fragmento da HQ "Leviatã", de L.M. Melite, publicada na revista Café Espacial #13

PROJETO EDITORIAL • REVISTA CAFÉ ESPACIAL

Desde a sua primeira edição, em 2007, a Revista Café Espacial conta com um vasto leque de colaboradores e visa promover a inclusão e integração de novos artistas.

A proposta é favorecer ensaios experimentais e reflexivos, além de estabelecer o intercâmbio com leitores e produtores culturais de outros países, como já ocorre com Portugal e Argentina.

Cinema, fotografia, literatura e as demais artes presentes nas páginas da Café Espacial repercutem de forma direta ou indireta nas histórias em quadrinhos da publicação.

O projeto é caracterizado, acima de tudo, pelo pluralismo artístico e pela diversidade de tendências, que repercutem na sinergia editorial da revista de modo singular.

A Revista Café Espacial conquistou premiações nacionais e destaque internacional, representando o Brasil durante a VI Semana del Comic (Bolívia) e XI Festival Internacional de Banda Desenhada de Beja (Portugal) e com indicações a prêmio no Festival Internacional de La Banda Dessinée de Angoulême (França) e no Festival International de la Bande Dessinée d’Alger (Argélia).